3RHsec: Tecnologia, Inovação e Solução em SST e Meio Ambiente
 
 

SERVIÇOS ESPECIAIS DE SSTMA E MONITORAMENTO

Clique nos vídeos para avaliação dos nossos serviços e parceiros. Este é um site de nossos trabalhos e de divulgação de informações e promoção do conhecimento. Somos empresa especializada com soluções que seguem as novas tendências e o estado da técnica com respaldo técnico e legal.

A empresa 3R BRASIL TECNOLOGIA AMBIENTAL teve origem em 1999 e nesta época desenvolveu tecnologias, promoveu livros e sites que hoje são referências na área de Saúde, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente. Com a divulgação do conhecimento no mercado Brasileiro, difundiu o estado da arte dos métodos, funções e tecnologias da Engenharia de Segurança do Trabalho, Automação e Design, qualidade e sustentabilidade, inclusive desenvolvendo softwares e app(s). Sendo, portanto, empresa incentivadora e promotora da Nacionalização, do Regionalismo das Tecnologias e do Emprego, ancoras da sustentabilidade. Realizamos cursos e treinamentos onde destacamos nossos treinamentos de especialização em acústica, ruído e vibrações ocupacionais e ambientais, com livros elaborados pelo sócio-diretor que são referências em língua portuguesa e em concursos públicos. Atuamos com conhecimento de causa, responsabilidade e inovação na área de Saúde, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente com Responsabilidade Social (SSTMA-RS).


Temos o ineditismo na utilização de Drones com processamento de imagens e modelagens ambientais e ocupacionais para a gestão eficiente de riscos. Além de sermos umas das referências nacional e internacional nas análise de agentes de risco com monitoramentos híbridos de acordo com a ISO 1996 e NIOSH: com medições pontuais, da jornada de trabalho ou semanais de emissões sonoras, vibrações, temperatura efetiva e qualidade do ar. Comercializamos as ferramentas da Geoscan como o Sputnik e o Agisoft Photoscan, os Drones Geoscan Pioneer para estudo, desenvolvimentos e treinamento, os modernos equipamentos e soluções da CESVA, MMF e DELTA OHM, além dos softwares NoiseAtWork e iNOISE. Desenvolvemos sistemas proprietários como os softwares GerenteSST, e, para fiscalização: os app(s) da séria NoiseAdVisor e VibAdvisor, os projeto BlueAeroVision e o Programa PROVAR - Programa de vigilância acústica remota para a área ambiental. Atendemos adequadamente as demandas ambientais e ocupacionais da área de entretenimento.


Realizamos laudos técnicos especializados com avaliações quantitativas com equipamentos próprios, homologados e calibrados na RBC/INMETRO com credenciamentos de Pessoa Física e Jurídica no CREA, com capacitação compatíveis para reconhecimento mútuo. Nosso diferencial são os servições essenciais de engenharia de SSTMA para a sua empresa (veja aqui).


É determinante que tanto o responsável pelos dados ambientais quanto a empresa executora sejam credenciadas no CREA no número 36 (certidão pessoa física & certidão pessoa jurídica), atendendo questões técnicas e legais. Fato este muitas vezes negligenciada pelos tomadores de serviços e área de compras das empresas.


Para complementar o conteúdo que trabalhamos com o advento do eSocial elaboramos o portal: www.ConsultaEsocial.com


Dentre nossos serviços especiais diferenciados destacamos:

1) Vibração Ocupacional – NR15, anexo 8, PORTARIA N. 1297 DE 13 DE AGOSTO DE 2014 do MTE, atendo a FUNDACENTRO NHO-09 e NHO-10, as ISO 2631 e ISO 5349 com os equipamentos mais adequados e uso de calibrador de vibração conforme a ISO 8041, realizando a gestão do agente de risco a partir dos estudos das máquinas/ferramentas e das atividades executadas com medidas de controle coletivas e classificações de risco por tempo de acionamento da ferramenta (trigger time). Podemos afirmar que somos umas das únicas empresas que possui calibrador de vibração e capacitação na área, exigência para as referências metrológica do trabalho, atendendo as boas práticas para medições reprodutivas na forma de estudo; não individualizando os laudos para atender ao legislador e as expectativas de todos os envolvidos.

2) Vibração Ambiental – Contemplando as ISOs e também a CETESB (D215/2007-E), seguindo as diretrizes da DECISÃO DE DIRETORIA Nº 217/2014/I, 06 de agosto de 2014 com acelerômetros especiais e técnicas de medição compatíveis. Neste contexto avaliamos o impacto da vibração na comunidade e na integridade de edifícios tombados. Conseguimos de forma diferenciada monitorar a passagem de veículos específicos com a técnica de medição em snapshot, isto é, destacando a influência no ambiente da fonte de interesse, só possível com modernas técnicas de amostragem e capacitação para processamento de sinais.

3) Medição de Ruído Ocupacional - com modernos áudios-dosímetros homologados tanto pela IEC 61252 quanto pela IEC 61672, atendemos simultaneamente as exigências para avaliação de ruído contínuo ou intermitente, ruído de impacto e do ambiente interno. Nossos áudio-dosímetros especiais também gravam arquivos sonoros (.wav) para identificação de fontes e tentativas de contagiar as medições, fazem a análise estatística (os Ln) e em oitavas permitindo o estudo aprofundado das exposições e conforto, atendendo as NHO01, NR-06, NR-09, NR-15 anexo 1 e 2, NR-17 e NBR 10152. Além disso, possuem características metrológicas compatíveis com desvios menores que 1 dB antes e após a verificação com calibrador acústico, características estas determinante tecnicamente e legalmente. Recomenda-se em algumas medições utilizar audios-dosimetros especiais que medem em oitavas, permitindo avaliar as medidas de controle e a inteligibilidade dos ambientes.

Deve-se contemplar nas avaliações do ruído ocupacional o mapeamento das principais fontes de nível de pressão sonora com medidor analisador tipo1 em oitavas de frequência para quantificação das fontes e os cálculos da eficiência dos EPI(s) com 98% de confiabilidade, garantindo a atenuação real, portanto, a neutralização adequada do agente de risco. Este é o método longo da NIOSH (NIOSH 01) mencionado na antiga IN78 onde aplicam-se as medições em oitavas, as atenuações e os desvios padrões fornecidos no CA do EPI. Quando aplica-se o NRRSf está utilizando o método curso, simplificado (NIOSH 02), onde a eficiência de atenuação é apenas 84%, portanto, não recomendado para ambientes com elevados níveis de pressão sonora.

Neste mesmo contexto seguindo a tendência mundial, utilizamos o software NoiseAtWork tipo B que faz a modelagem acústica ocupacional do ambiente permitindo a visualização rápida dos níveis de ruído dos ambientais mais críticos e o cálculo da exposição normalizada por tarefas e tempo de permanência em cada ambiente, o software (ver vídeo) tem as mesmas funções e normas presentes nos mais modernos áudio-dosimetros e ainda permite a inserção da atenuação do EPI nos casos onde não são possíveis aplicar medidas de controle coletivas EPC: seja por tempo de permanência ou medidas de engenharia viáveis.

4) Medição de Ruído Ambiental e Poluição Sonora - as medições de ruído ambiental devem ser realizadas por profissionais capacitados com especialização em acústica, saúde, segurança e meio ambiente e com empresa devidamente credenciada no CREA. As medições devem ser realizadas para atender a CONAMA 01 que faz referência a NBR 10151, onde são aplicados procedimentos e correções para atender aos índices e limites ambientais recomendados. Contudo, esta norma técnica não estabelece critérios de amostragens nem boas práticas para a avaliação das diferentes situações acústicas existentes. Então, destacamos neste contexto a necessidade de medição por longos períodos, por exemplo 12 a 24 horas, e, a aplicação com conhecimento das modernas funções dos equipamentos de medição como o Leq, os Ln(s), devidamente homologados e calibrados segundo a IEC 61672, com a obtenção dos dados necessários para a avaliação adequada do grau de incômodo.

Deve-se atender ainda as Leis Municipais existentes que estabelecem limites diurnos e noturnos em função do uso solo, como parte do plano diretor do Município em questão. Medições pontuais são importantes para reconhecer, identificar e quantificar fontes, além de avaliar o ruído de fundo em determinado horário, emparelhando medições e sendo complementar ao o estudo de impacto do ruído na vizinhança (EIV), para o processo de fiscalização e medição veicular. Contudo, é imprescindível as medições por longos períodos como também destacado na norma internacional ISO 1996. Sem estas medições não há como avaliar o grau de impacto ou emitir laudos conclusivos do ambiente em análise, pois com medições meramente pontuais haverá apenas uma situação acústica dentre as dezenas ou centenas que ocorrem, e, este é o ponto fundamental para a medição de ruído ambiental. Perguntamos: quem incomoda mais, quem bate palmas uma vez ou quem bate palmas 24 horas? Parece lógico, mas negligenciado.

Oferecemos apoio técnico e jurídico a empresa, condôminos, síndicos e consultorias e assistência técnica para o poder público.

5) Medição e Análise de Cabine Audiométrica “in situ” segundo a ISO 8253-1: 
para a calibração do conjunto ambiente e cabine devem ser seguidas as recomendações da Norma ISO 8253-1 e utilizados equipamentos de medição de tipo 1 com determinadas características metrológicas e calibrados no INMETRO (DIMCI – Diretoria de Metrologia Científica e Industrial) ou Rede Brasileira de Calibração (RBC) com processo de verificação do sistema de medição rastreado a calibrador acústico padrão de trabalho e de referência do sistema de medição. As medições devem ser realizadas por profissional capacitado com equipamentos especiais do tipo medidor analisador de nível de pressão sonora em 1/3 de oitavas, com capacidade de medição a partir de 12 dB por terças de oitavas com certificado RBC/INMETRO segundo a IEC 61672. Além disso, deve-se aplicar como referência de trabalho nas medições calibradores tipo 1: calibrado segundo IEC 60942.


Alertas: contra as empresas e profissionais que julgam realizarem este tipo de medição onde por negligência e imperícia utilizam equipamentos sem a capacidade e as características metrologias para executa-las. Os equipamentos que medem a partir de 12 dB por terças de oitavas são os mais precisos e imprescindíveis para atender a ISO 8253-1. Essa medição anual é regulamentada e importante para garantir os exames audiométricos realizado no ambiente.


6) Realizamos Medição de Ruído Ocupacional em Fones e Head-Set (áudio-dosimetria de fone) - com a técnica ouro da cabeça artificial atendo a ISO 11904-2 com as devidas correções para campo difuso para a avaliação da jornada de trabalho com o uso de fones permitindo a comparação adequada com os limites de tolerância e de ação normalizado para nas atividades de teleatendimento, dentre outras, como: pilotos, operadores de rádio e videos, em empresas de telecomunicação, shows e eventos onde são utilizados head-set(s) sem qualquer controle ou avaliação quantitativa.

7) Medição de Calor com IBUTG com ou sem datalogger e também com ponteira de fio quente - com alta exatidão atendendo a ASHRAE 55 para ambientes internos e com ar-condicionado com o monitoramento adequada da Temperatura Efetiva (TE) a partir da temperatura ambiente, umidade relativa e velocidade do ar com 3% de exatidão na segunda casa decimal em m/s.

8) Realizamos varredura de solventes de forma passiva ou com bombas gravimétricas especiais - que medem simultaneamente vazão e temperatura com registro das medições em memória como um datalloger e correção de volume. O laboratório parceiro de análise segue as acreditações nacionais e internacionais do INMETRO e AIHA-LP.

9) Varredura de metais (Fração inalável, Respirável, Total) - com bombas gravimétricas especiais medindo vazão e temperatura simultânea. O laboratório parceiro de análise segue as acreditações nacionais e internacionais do INMETRO e AIHA-LP.

10) Poeiras Minerais (Poeira Total + Sílica / Poeira Respirável + Sílica) - com bombas gravimétricas especiais com medição de vazão e temperatura simultâneas, além de avaliação do ambiente com ponteira da TSI de alta exatidão para a obtenção da temperatura, umidade e velocidade do ar com elementos essenciais para análise adequadas as coletas das amostras de agentes químicos. O laboratório parceiro de análise segue as acreditações nacionais e internacionais do INMETRO e AIHA-LP.


11) Medição de Monóxido de Carbono, Dióxido de carbono - com método tradicional e com estações de monitoramento que podem ser instaladas no ambiente durante um tempo e que também podem medir simultaneamente temperatura e umidade. Possuímos estações de monitoramentos e soluções IoT para monitoramento contínuo.

Utilizamos: bombas gravimétricas especiais com medição de vazão e temperatura simultâneas, além de avaliação das condições do ambiente com ponteira da TSI de alta exatidão para a obtenção da temperatura, umidade e velocidade do ar com elementos essenciais para análise adequadas as coletas das amostras de agentes químicos. O laboratório parceiro de análise segue as acreditações nacionais e internacionais do INMETRO e AIHA-LP.


12) Possuímos estações de monitoramento de ruído ambiental e modernos equipamentos - analisadores de ruído, registradores, limitadores acústicos para estudo e controle da poluição sonora. Ambos com possibilidade de integração a grande rede (smart city). Andemos as NBRs 10151, 10152, 15575 e Leis Municipais com equipamentos de alta exatidão do tipo 1, onde inclui-se o controle e monitoramento de grandes eventos musicais, de aeronaves e em aeroportos, com os modernos equipamentos da CESVA.

13) Realizamos medição de ruído veicular e potência sonora - comercializando os modernos equipamentos da CESVA.

14) Com equipamentos e sistema de medição atuais - realizamos com exatidão e com reconhecimento mútuo as medições de desempenho acústico e índices acústico em atendimento as demandas de projeto e a NBR 15575. Inclusive cursos com parceiros internacionais como a AMBERGO, que comercializa os equipamentos CESVA e MMF.

15) Atuamos com softwares inovadores - que seguem as novas tendências do legislados no programa que chamamos de 3R RS Labor com software de gestão, execução e guarda de documentos de SSMT onde integramos o RS Data as modernas ferramentas de modelagem ocupacional (NoiseAtWork e MapAtWork) que geram mapas reenvernizados dos demonstrativos ambientais levantados em planta baixa; melhor solução integrada para atender ao e-Social e as novas tendência na área ocupacional.

16) Realizamos medições em embarcações (Off-shore) - para atendimento a IMO e ABS, dentre normas de conforto marítimo com especial destaque a área de acústica, ruído e vibrações com o uso de modernos equipamentos analisadores e integradores. Neste contexto, também realizamos gestão das ferramentas manuais integrado ao controle e exposição ocupacional dos operadores.

17) Realizamos estudos e consultoria - para atendimento as condicionantes ambientais, licenciamentos e ao atendimento a cadeia de custódia FSC em parceria com os melhores consultores do Brasil.

18) Orientação e consultoria para as questões de recuperação fiscal de INSS - além do redimensionamentos do FAP. Trabalhamos na esfera administrativa quando incide o INSS sobre as remunerações e indenizações dos colaboradores. Destacamos também fatores de acréscimo ao RAT com as devidas orientações de preenchimento da GFIP no SEFIP e emissão de CAT, devidamente respaldados nos laudos técnicos ocupacionais. Parceria com a GC5 e OeC (NOVO! - NÃO DEIXEM PARA DEPOIS).

19) Modelagens e simulações com pré-projeto de medidas mitigadoras: realizamos serviços especiais de alta complexidade de avaliações ambientais da qualidade do ar e da situação acústica. Contemplando estações de monitoramentos contínuas e projetos acústicos de barreiras e defletores (veja mais).

NOVO NO BRASIL E INDISPENSÁVEL:

20) Medição de radiações não ionizantes classificadas como ópticas: estes ensaios visão a avaliação da exposição dos trabalhadores a radiações ópticas provenientes de fontes ópticas artificiais de holofotes e de atividades de solda que emitem radiações ultravioletas, infravermelho e faixa da luz visível contemplando seguintes ensaios no local de trabalho. MEDIÇÃO E AVALIAÇÃO DA EXPOSIÇÃO A RADIAÇÕES OPTICAS INCOERENTES segundo ACHIH, NIOSH e EN 14255-1):

 

Medição da irradiância eficaz (Eeff) emitida por fontes artificiais na gama UV de comprimento de onda de 220 nm a 400 nm ponderada espectralmente por S(λ) e determinação da respectiva exposição radiante eficaz (Heff);

 

Medição da irradiância total emitida por fontes artificiais (EUVA) na gama UVA de comprimento de onda de 315 nm a 400 nm e determinação da respectiva exposição radiante (HUVA).

 

Medição da irradiância emitida por fontes artificiais na gama de comprimento de onda de 400 nm a 2800 nm (visível, IVA e IVB) para quantificação da irradiância total (Epele) e determinação da respectiva exposição radiante (Hpele).

 

Verificação do cumprimento legal do índice “m e n”, relativos à irradiância total E(VI) (lesões térmicas),sendo que a gama de medição para verificação dos índices m e n é mais restritiva (780 a 2800) desta forma os valores são quantificados por excesso;

 

Medição da irradiância eficaz (Luz azul) emitida por fontes artificiais na gama UV e visível de comprimento de onda de 315 nm a 700 nm ponderada espectralmente por B(λ) e cálculo da radiância eficaz (Luz azul);

 

O cálculo da radiância aplica-se a posições angulares superiores ou iguais a 11 mrad, a determinação da irradiância aplica-se a posições angulares inferiores a 11 mrad.

 

Medição da irradiância eficaz (lesões térmicas) emitida por fontes artificiais na gama IVA de comprimento de onda de 660 nm a 1300 nm ponderada espectralmente por R(λ) e cálculo da radiância eficaz (Lesões térmicas);

 

As medições são efetuadas colocando os sensores do equipamento no local onde habitualmente se situa o trabalhador exposto, direcionando-os na direção da fonte de radiação.


21) Processos de Vistoria e Análise do Risco Biológico em canais / canaletas: análise do local de trabalho e atividades. Coleta de 1L de água bruta nos canais e locais de possíveis riscos biológicos, em frasco transparente, identificado individualmente, com registro fotográfico e cartográfico por meio da identificação de latitude e longitude através do uso de GPS (Global Positioning System). Transporte em ambiente refrigerado, em até 6 horas, até o laboratório de análise.

 

Análise parasitológica (pesquisa de larvas e ovos viáveis de helmintos) e microbiológica (quantificação de coliformes fecais termotolerantes, coliformes totais e Enterococcus sp.) pelo Centro de Biologia Experimental Oceanus REG.INEA: UN015590/55.11.10.

 

Elaboração de Parecer Técnico Médico conclusivo de Insalubridade relativamente aos riscos biológicos laborais.


22) Modelagens das dispersões e emissões acústicas, de gases e partículas: em indústrias, geradores, navios, queimadores, chaminés de termelétricas e de refinarias, e afins. Aplicamos Drones na inspeção, fotografias, diagnósticos, coletas de poluentes atmosféricos pelo método isocinético e modelagem topográfica. Medições e monitoramentos de Chaminés.


Realizamos junto com a Ambergo de Portugal a comercialização dos modernos equipamentos da CESVA e da MMF, fornecendo cursos especiais e descontos nos softwares de mapeamento industrial.

 
 

DEMAIS SERVIÇOS DE SSTMA COM LAUDOS PARA ATENDER O INSS E MTE:

  1. PPRA – Programa De Prevenção De Riscos Ambientais – NR 9;
  2. Laudo de Insalubridade e Periculosidade – NR 15 E NR 16 com enquadramentos e economia fiscal;
  3. Laudo de Neutralização e Gestão do Agente de Risco com estudo por exposição diária e semanal;
  4. Laudos e inspeção de vaso de pressão de acordo com a NR13;
  5. LTCAT – Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho atendendo questões atuais e a época;
  6. PPR – Programa de Proteção Respiratória (Realizamos Fit Test);
  7. PCA – Programa de Conservação Auditiva com medidas de controle coletivas e gestão do agente ruído ocupacional com medidas de neutralização ou mitigação do risco e calibração de cabines;
  8. Análise Ergonômica do Trabalho – NR17 atendendo adequadamente as avaliações ambientais equipamentos para medição dos índices NC e Temperatura Efetiva com alta exatidão e procedimento adequados;
  9. Avaliações Quantitativas de Agentes Químicos, Físicos e Biológicos com especial diferencial na NR32 (hospitais) com uso de software de gestão de SSMT e E-Social;
  10. Avaliação de espaços confinados NR33;
  11. Proteção de Máquinas e Equipamentos NR12.

"Você é responsável pela sua força de trabalho que inclui funcionários, colaboradores e terceirizados, em fiscalizar aqueles que tenham você como fonte pagadora, saiba porque! 
veja em destaque"

 
 

SERVIÇOS ESPECIAIS COM DRONE NA ENGENHARIA COM PROCESSAMENTO E MODELAGENS:

Inovamos quando trouxemos o estado da técnica de processamento de imagens, medições e georreferenciamento com uso de Drones especiais na área de engenharia gerando produtos e serviços para a gestão eficiente de riscos. Com esta solução na ára de Saúde, Segurança e Meio Ambiente geram-se mapas externos e internos precisos da situação atual, onde a partir de arquivos SIG, SHP, DXF, ortofotos e OBJ, realizamos as modelagens e simulações com as modernas ferramentas NoiseAtWork e iNOISE.

  1. Utilização de drones especiais com protetores de hélice e seguro para voos externos e internos;
  2. Aero fotometria com processamento de imagens de ambientes externos e internos;
  3. Geração a partir das ortofotos e ferramentas especiais dos mapas de risco da situação atual em 2D e 3D;
  4. Gestão do Agente de Risco com estudo por tempo de exposição no local com normalização diária e semanal;
  5. Avaliação de medidas de controle coletivas com predição na utilização de materiais, barreiras e encapsulamentos;
  6. Mapas de riscos e rotas de fuga com realidade aumentada (AI) e realidade virtual (VR);
  7. Controle de ativos e lay-outs com contagens e medições de superfícies, áreas, volumes, declives e dimensões;
  8. Estudo de impacto de emissões sonoras com modelagens e simulação em mapas georreferenciados em 2D e 3D;
  9. Inspeções e vistoria com Drone em ambientes internos e externos.

 
 

Vejam o resumo das NRs do Ministério do Trabalho e Emprego que fizemos para vocês (VEJA AQUI).

"A capacitação e o domínio da técnica são fundamentais para os processos metrológicos e de reconhecimento mútuo. Saúde, segurança do trabalho e meio ambiente é sério, não há como compactuar com as capacitações por regulamentação, com a negligência de alguns prepostos e com a falta de compromisso prevensionista, somado as subjetividades de interpretações de juristas ou a simples análise de normas técnicas sem conhecimento prévio na área, isso é uma imperícia potencializada pela imprudência. São determinísticos os valores de engenharia e de medicina do trabalho para a quantificação confiável de grandezas com rastreabilidade".

R.D.Regazzi.