3RHsec: Tecnologia, Inovação e Solução em SST e Meio Ambiente

Amostragem em Chaminé

A amostragem de poluentes em chaminé é um serviço constantemente exigido pelos órgãos ambientais para controle dos impactos das emissões atmosféricas. É um procedimento experimental utilizado para avaliar as características dos fluxos gasosos em fontes fixas de emissão de processos industriais, tendo como objetivo básico a análise quantitativa e/ou qualitativa de poluentes emitidos por uma fonte fixa de poluição do ar.

Em UTE (termoelétricas) realizamos amostragens isocinética para determinação de material particulado, NOx e SOx (sendo unidade movida a carvão), em atendimentos as condicionantes de licenças ambientais.

 

Temos experiências em UTE com profissionais que participaram de projetos executados em parceria com a ABB para validação de CEMS´s através de medições isocinética na unidade de PECEM: medição (com amostragem isocinética) para criação de curva de calibração (conversão de % opacidade em mg/Nm3) com respectiva inserção da curva de calibração no DCS (sistema de opacímetro).

 

 

Modelagem de dispersão

 

Não basta apenas determinar se os níveis de emissão cumprem ou não a legislação, é necessário avaliar se a qualidade do ar será modificada pela emissão dos poluentes. O estudo com o AERMOD é utilizado como ferramenta de avaliação de impactos que já ocorreram, que estão acontecendo e de impactos potenciais (futuros).

 

Utilizamos o estudo de modelagem para:

 

• Verificar o atendimento de legislações de qualidade do ar (CONAMA 03/1990);

• Determinar o grau de impacto do empreendimento no ar da região;

• Auxiliar no planejamento urbano quanto ao zoneamento industrial;

• Determinar a altura apropriada de chaminés;

• Auxiliar projetos de monitoramento de qualidade do ar;

• Prever a frequência e intensidade dos eventos críticos de poluição do ar;

• Evitar o desperdício de tempo e recursos com monitoramento inadequado;

• Laudo completo para licenciamento ambiental.

 

 

Qualidade do Ar

 

Monitoramento da Qualidade do Ar com PTS, PM10, PM2,5 e estação meteorológica portátil.

 

Utilização de amostradores de grande volume (AVG) para determinação das concentrações de Partículas Totais em Suspensão (PTS) e partículas com tamanho aerodinâmico inferior a 10 µm (MP10) e inferior a 2,5 µm (MP2,5).

 

Determinação das concentrações (µg m-3) de partículas no ar ambiente utilizando filtro de fibra de vidro, que serão trocados a cada 24 h, medindo-se a massa antes da amostragem e após a amostragem por meio de balança analítica ao 0,1 mg.  Atende à Resolução n° 3 do CONAMA (28/06/90) e ABNT (NBR 13412) e US EPA (40 CFR, Parte 50, Ap. J).

 

 

 

Eng. Raphael Perciliano

Diretor Técnico-Comercial

Mestrando em Engenharia Ambiental – UERJ

P.G Eng. de Seg. do Trabalho – UCAM

Especialista em Poluição Atmosférica e Amostragem em chaminé

Analista Ambiental


Serviço especializado dos parceiros da 3R Brasil Tecnologia Ambiental, onde integramos modelagens de ruído, vibração e dispersões de gases. Integramos monitoramentos contínuos com acesso remoto. 


Dados da empresa e contato clique aqui.